Por um parque industrial regional

Vinicius Ribeiro - Arquiteto e Urbanista

Por um parque industrial regional

A integração regional é a forma mais moderna de sobrevivência de uma sociedade.

Vinicius Ribeiro Artigos 329 views 4 min. de leitura

Por um parque industrial regional
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A integração regional é a forma mais moderna de sobrevivência de uma sociedade. Uma cidade não se desenvolve sem pensar na inserção dela na região. Não se vocaciona uma região sem agir na interação entre cidades. Assuntos estratégicos não são de responsabilidade dos governos locais. Claro que é na cidade que tudo acontece, independente dos seus encargos, porém, são nas regiões que os impactos e as consequências acontecem.

Cada vez mais os serviços especializados em saúde, educação e segurança são regionalizados. As estratégias de desenvolvimento e planejamento regional requerem um pensamento mais sistêmico, principalmente quando é relacionado à infraestrutura ofertada e a demanda reprimida.
Se avançarmos em exemplos na prestação de serviços, iremos identificar inúmeros deslocamentos entre as cidades que compõem a Região Metropolitana da Serra Gaúcha e que necessitam diariamente conviver com a mobilidade entre moradia, trabalho e educação.

A omissão de planejarmos a região é de vários atores e tem produzido consequências irreversíveis. Vejam o exemplo do fechamento e da migração de empresas locais/regionais para outras localidades. Hoje foi com Caxias, ontem com Bento e amanhã será com todos. O prejuízo são para três níveis do desenvolvimento sustentável de uma cidade: indústrias, pelos benefícios econômicos; sociedade e governo pelos benefícios sociais; e para o próprio meio ambiente. Não pensem que a culpa seja governamental, mas sim de todos os atores. Cada um permuta seus bens e serviços com a comunidade, consumidores e fornecedores. Quanto mais regional for essa relação, mais sustentável será o negócio.

Uma alternativa prática seria desenvolvermos um Parque Industrial Regional em algum município que melhor estivesse localizado em função do programa de necessidade do projeto. Não importa o município, o que importa é que será na nossa região.

Exemplos de projetos consolidados pelo mundo é o que não faltam, como nos EUA, Canadá, México, Dinamarca, entre outros que ajudaram uma região a se “re-vocacionar”. O próprio Estado incentiva o desenvolvimento socioeconômico integrado, através do Fundopem, que pode ser trabalhado regionalmente. Também não deveríamos descartar a criação de uma zona franca, à exemplo de Manaus, com alíquota única na Região Metropolitana.

Vamos avançar em ações regionais. Vamos avançar no trem, na universidade, no saneamento, no parque industrial regional. Quanto mais o tempo passa, mais as demandas crescem. Ou fizemos isso ou cada indústria, trabalhador, governante e município irá se acabar no seu próprio orgulho.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: