Vinicius Ribeiro - Deputado Estadual pelo PDT nº 12612

Vinicius Ribeiro defende que música gaúcha seja patrimônio cultural imaterial

Cultura Gaúcha e Regional

Vinicius Ribeiro Notícias 181 views 3 min. de leitura

Vinicius Ribeiro defende que música gaúcha seja patrimônio cultural imaterial
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O Deputado Estadual Vinicius Ribeiro esteve reunido com o ex-presidente do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Região Vinhedos, Sebastião Teixeira Corrêa, onde foram apresentadas demandas do movimento tradicionalista gaúcho.

Transformar grandes clássicos da música gaúcha em patrimônio cultural imaterial do estado foi um dos temas da conversa com Sebastião. A ideia é que o segmento tradicionalista participe de um amplo processo de escolha das músicas que podem ser agraciadas com a distinção.

Além desta proposta foi citada a inclusão de novas categorias no Prêmio Vitor Mateus Teixeira, que tem como objetivo reconhecer e valorizar o trabalho de artistas e veículos de comunicação que enaltecem a música gaúcha e é entregue anualmente pela Assembleia Legislativa.

A criação de um Parque Regional da Agropecuária também foi solicitado, além de serem discutidas maneiras que possam tornar o projeto viável, incluindo a integração e o planejamento de todos os municípios integrantes da Região Metropolitana da Serra Gaúcha para que este projeto saia do papel.

Sebastião lembrou do serviço de equoterapia que não está mais sendo oferecido em Caxias do Sul, e de que forma o poder público pode trabalhar para reativar o atendimento, inclusive utilizando da cancha de rodeios do Parque da Festa da Uva para retomar a atividade.

Segundo Vinicius, “nesse ano já conseguimos grandes avanços na área do tradicionalismo, como na ampliação do prazo da vacina do exame do mormo. Agora com as sugestões na área cultural temos outro caminho a trilhar e buscar mais avanços para o segmento da cultura gaúcha. Seguimos à disposição da comunidade ouvindo ideias e sugestões que podem virar leis ou indicações.”

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: