Vinicius Ribeiro - Deputado Estadual pelo PDT nº 12612

Aplicativo de mapas são egoístas

Será que realmente os aplicativos como Waze, Google Maps entre outros nos ajudam a circular melhor em uma cidade?

Vinicius Ribeiro Artigos 764 views 5 min. de leitura

Aplicativo de mapas são egoístas
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Aplicativos são usados para facilitarem os motoristas e criarem alternativas para trafegar em momentos de maior congestionamento. Isso é o que os usuários acreditam, mas não é o que um estudo recente, com segurança, conclui.

Instituto de Estudos de Transporte da Universidade da Califórnia, através do pesquisador Alexandre Bayen, afirmou que os aplicativos têm gerado “certa anarquia no trânsito”. Você já pensou! Como uma cidade sem carros pode melhorar a vida das pessoas.

Tecnicamente, na engenharia de transporte, o preço da anarquia descreve a diferença entre o que acontece quando cada motorista escolhe egoisticamente a rota mais rápida, e qual seria o resultado de tráfego socialmente ideal. "É apenas o começo de algo que vai ser muito pior" afirma o pesquisador.

Nos últimos 10 anos, principalmente, o uso dos aplicativos nos deslocamentos motorizados cresceram absurdamente, tornando um acessório padrão para o motorista que dirige. No público americano, de acordo com uma pesquisa do Pew de 2015 , 90% dos americanos usam mapas para orientação, pelo menos em parte do tempo. 

Essa mesma pesquisa mostrou outras preocupações reais. Em uma apresentação realizada recentemente confirmou que os motoristas roteados por aplicativos de mapeamento gastam muito mais tempo em ruas alternativas de baixa capacidade à rotas principais.

A pesquisa da equipe de Berkeley sugere que poderia haver uma questão mais profunda e mais ampla ainda citando o artigo Garrett Hardin “A tragédia dos Comuns”, em que propõe a seguinte reflexão: “o problema da população não está na solução técnica; o problema requer uma extensão fundamental na moralidade” E complementa”... estamos como usuários onde nós mesmos somos o gado, o software de mapeamento é o pastor, e as estradas são o pasto comum. No entanto, o resultado é o mesmo. ”

Não há conclusões desta pesquisa, mas esse assunto começa a ser medido e analisado. Não há comprovação o suficiente para afirmar que os aplicativos que vieram para facilitar e agilizar, através da informação, estão realmente fazendo isso.

O compartilhamento das informações dos aplicativos ajudariam a entender melhor o comportamento dos motoristas no trânsito, além de tornar, mais real a reação das estruturas viárias existentes em relação aos usuários do transporte motorizado.

Preparamos um E-book tratando sobre o tema da mobilidade humana, trazendo a tona o problema e a solucão do direito de deslocamento de pessoas nas cidades. Para ler basta clicar na imagem a seguir!

Mobilidade Urbana tem solução?

PS: As citações entre aspas estão na tradução livre.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: