Vinicius Ribeiro - Arquiteto, Urbanista e Professor Universitário

8 de março: Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é celebrado em todo o mundo no dia 8 de março

Vinicius Ribeiro Artigos 398 views 3 min. de leitura

8 de março: Dia Internacional da Mulher
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O Dia Internacional da Mulher é celebrado em todo o mundo no dia 8 de março. Este dia foi determinado pela ONU, para lembrar os feitos das mulheres nas manifestações que decorreram durante a Primeira Guerra Mundial. Manifestações que consistiram em reivindicar melhores condições de vida e trabalho; pelo direito ao voto, bem como zelar pelos seus próprios direitos enquanto mulheres.

O Dia Internacional da Mulher, reveste-se de um significado histórico especial. Há 84 anos, o Decreto nº 21.076, conhecido como nosso primeiro Código Eleitoral, reconhecia o direito de voto da mulher brasileira.  Mas a vitória não foi completa. A legislação permitia apenas que as mulheres casadas, viúvas e solteiras com renda, pudessem votar. Essas restrições foram eliminadas no Código Eleitoral de 1934.                         

No entanto, a lei não tornava obrigatório o voto das mulheres, que só passaram a ter obrigatoriedade em 1946. O Rio Grande do Norte foi pioneiro na concessão do voto feminino e, em 1927, o Estado se tornou o primeiro do país a permitir que as mulheres votassem. Foi neste ano que a Professora Celina Guimarães, de Mossoró, tornou-se a primeira brasileira a fazer o alistamento eleitoral. Essa conquista beneficiou a luta pela expansão do voto feminino para todo o País.

Em 1928, foi eleita a primeira Prefeita do Brasil e da América Latina, Alzira Teixeira Floriano, na cidade de Lages, no Rio Grande do Norte. Registra-se ainda a iniciativa da mineira Maria Ernestina Carneiro, estudante de Direito, que impetrou mandado de segurança e conseguiu o direito de votar.

Desta conquista, resultou a participação de valorosas mulheres, como Bertha Lutz, Leolinda Daltro, Carlota Pereira de Queiroz e muitas outras a quem devemos. Embora as mulheres tenham conquistado o direito ao voto, esse fato não contribuiu para assegurar uma relação de igualdade na representação política e na sociedade. As mulheres são mais da metade da população e do eleitorado, tem maior nível de escolaridade e representa quase 50% da população economicamente ativa. Enquanto isso, o número de mulheres chefes de família passou de 25% para 39%, entre 2000 e 2010. Neste dia 8 de março, não solenizamos apenas uma data alusiva a um fato passado. Comemorarmos o futuro, no qual deve estar a certeza de que avançaremos na busca da igualdade entre os sexos. 

Ressalto que foram enormes os avanços obtidos pelas mulheres brasileiras nas últimas décadas. Há quatro ou cinco décadas, mesmo sofrendo preconceito, as mulheres só se aventuravam a trabalhar fora de casa por absoluta necessidade. Hoje, elas estão em maior número entre os trabalhadores brasileiros e são responsáveis pelo sustento de 39% dos 49 milhões de domicílios pesquisados pelo IBGE, no último censo. Além disso, enfrentam a dupla e até a tripla jornada de trabalho.  

Um dado preocupante e que tem se tornado pauta recorrente, é a violência contra a mulher. A cada cinco minutos, 20 mulheres são espancadas no Brasil; 70% dessas agressões ocorrem no ambiente familiar e independe da idade, do grau de estudo, da etnia, da condição social e cultural.

Leia o E-book Especial com depoimentos de 8 mulheres sobre temas atuais e importantes para todos:

8 de março: Dia Internacional da Mulher

Mais do que simples comemorações no Dia Internacional da Mulher, devemos lutar para reduzir a discriminação, melhorar as condições de trabalho, igualar as oportunidades e implementar a remuneração justa e igualitária pelo mesmo serviço. Deixo aqui o meu reconhecimento a todas as mulheres, estes entes que têm garra e determinação para enfrentar as dificuldades, e ao mesmo tempo têm a capacidade de nos confortar com um simples sorriso.

Parabéns!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: