Vinicius lança a Frente Parlamentar Escoteira

Vinicius Ribeiro - Arquiteto e Urbanista

Vinicius lança a Frente Parlamentar Escoteira

No Brasil são 80 mil escoteiros, sendo 11.200 mil no estado do Rio Grande do Sul. Estima-se chegar em 2023, com 200 mil no Brasil e 25 mil no Rio Grande do Sul

Vinicius Ribeiro Notícias 86 views 5 min. de leitura

Vinicius lança a Frente Parlamentar Escoteira
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

1º de Agosto marca uma data especial para mais de 40 milhões de pessoas em todo o mundo. É o aniversário mundial do Movimento Escoteiro. Em 2016 são celebrados 109 anos do primeiro acampamento escoteiro, realizado na Ilha de Brownsea, na Inglaterra. Na ocasião, um acampamento teste foi realizado com 20 jovens de diferentes classes sociais, que durante uma semana vivenciaram juntos a prática do Movimento Escoteiro, e foram o embrião para o que hoje é um dos principais movimentos de juventude e de educação não formal em atividade ininterrupta em todo o mundo.

Para marcar essa data, na tarde de hoje, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, através do Deputado Vinicius RIbeiro, lançou a Frente Parlamentar Escoteira. Dentre os objetivos da proposta está aprimorar o debate e a relevância do escotismo no Rio Grande do Sul, como um dos mais importantes movimentos de juventude e de educação não formal em todo o mundo. Além da discussão e análise para tornar realidade a lei 11.750/2002,que incentiva a instrução e a educação escoteira nas escolas públicas estaduais através do Projeto “Escotismo Escola”.

O Estado do Rio Grande do Sul incentivará a instrução e a educação escoteira através do Projeto “Escotismo Escola”, estimulando a criação de grupos de escoteiros nas escolas públicas estaduais, com estrutura e organização da União dos Escoteiros do Brasil - Região do Rio Grande do Sul.

Outro desafio será aprovar o Projeto de Lei, de autoria do Deputado Vinicius e protocolado na tarde do dia 1º, que inclui o método educativo do Movimento Escoteiro no Plano Estadual de Educação. O Método Escoteiro é parte essencial do Sistema Educativo Escoteiro, oferecendo-lhes um conjunto de atividades chamado de Programa Educativo. O Método é a maneira como são realizadas as atividades escoterias, e é organizado em cinco pontos: Aprender Fazendo; Vida em equipe; . Atividades progressivas, atraentes e variadas; Desenvolvimento pessoal com orientação individual; e Aceitar a Promessa e a Lei Escoteira.

 

Esse método, assim como toda a proposta educacional do Movimento Escoteiro, é reconhecido pela ONU/UNESCO como um movimento de educação não formal, e que hoje beneficia diretamente 40 milhões de jovens em todo o mundo. Contribuindo na educação de jovens, por meio de um sistema de valores baseado na Promessa e na Lei Escoteira, ajudando na construção de um mundo melhor, onde as pessoas se realizem como indivíduos e desempenhem um papel construtivo na sociedade.

Desde os primeiros passos da ONU, o Escotismo esteve envolvido em programas, iniciativas e projetos das Nações Unidas. A Organização Mundial do Movimento Escoteiro é uma das 130 ONGs Internacionais que possuem parcerias com a ONU desde 1947. O escotismo regularmente é convidado para participar de consultas em relação a situação da juventude no mundo. Desde 2012, o Movimento Escoteiro foi elevado ao status de Associação Parceira da UNESCO, o maior nível de relações bilaterais entre as entidades. Na UNICEF atua nas ações e na política contra o trabalho infantil.

No Brasil são 80 mil escoteiros, sendo 11.200 mil no estado do Rio Grande do Sul. Estima-se chegar em 2023, com 200 mil no Brasil e 25 mil no Rio Grande do Sul, sendo o mais relevante movimento de educação juvenil, possibilitando que os jovens sejam cidadãos e cidadãs ativos que inspirem mudanças positivas em suas comunidades e no mundo.

 

Vinicius iniciou no escotismo no Grupo Escoteiro Imigrante, em Caxias do Sul, em 1984. Percorreu sua infância e juventude no Movimento, cujos valores o despertaram para a vida pública. Foi Cruzeiro do Sul, Lis de Ouro e Insígnia de BP. Como vereador, declarou utilidade pública os Grupos Escoteiros Imigrante, Moacara e Baden Powell.

Dentre algumas demandas citadas na primeira reunião da Frente Parlamentar, estivem em pauta o debate acerca dos seguintes temas:

  • Apoio governamental para trazermos o Jamboree Nacional Escoteiro para o estado em 2020/21
  • Mobilização parlamentar que garanta a permanência do Campo Escola Escoteiro no Parque Saint-Hilaire.
  • Apoio para a implementação do projeto “Escotismo nas Escolas”.
  • Reconhecimento de utilidade pública Estadual a Região Escoteira do RS.
  • Possibilitar o uso de áreas públicas para a prática do Escotismo.
  • Auxiliar na inserção de Conselhos de Governança.

Os próximos passos agora consistem nas tratativas e soluções para o atendimento das necessidades do Movimento Escoteiro, além do apoio constante às iniciativas e projetos dos Grupos Escoteiros em todo o Rio Grande do Sul. Saiba mais sobre a Frente Parlamentar clicando aqui.

Participaram da entrega e assinatura no protocolo do Projeto de Lei, a Diretora Presidente dos Escoteiros do Brasil Rio Grande do Sul, Cristine Ritt, e o ex-Presidente Regional, Márcio Sequeira. No lançamento da Frente Parlamentar estavam presentes escotistas, dirigentes, voluntários e profissionais do Movimento Escoteiro. Também esteve presente a Deputada Estadual Zilá Breitenbach (PSDB).

Fotos para download aqui.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: