Vinicius Ribeiro - Arquiteto, Urbanista e Professor Universitário

5 RISCOS À SAÚDE GERADOS PELO SEDENTARISMO

Conheça os problemas de saúde ligados à inatividade física

Vinicius Ribeiro Artigos 940 views 5 min. de leitura

5 RISCOS À SAÚDE GERADOS PELO SEDENTARISMO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Você sabia que:

A falta de atividade física, somada a uma alimentação não-balanceada, é responsável por 54% do número de mortes por infarto. Em compensação um estilo de vida ativo pode ajudar a reduzir o risco de morte em até 40%. Para se ter uma ideia, de acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 70% da população mundial é sedentária.

Por conta do dia a dia corrido e estressante, muitas pessoas deixam de se exercitar e optam por hábitos alimentares práticos – que muitas vezes não são saudáveis. Em um relatório recente, a OMS trouxe dados bastante preocupantes sobre as doenças causadas pelo sedentarismo e outras consequências da falta de atividade física no dia a dia.

Veja abaixo 5 problemas de saúde ligados à inatividade física:

  • A falta de atividade física demonstrou ser um fator de risco para doenças cardiovasculares;
  • As pessoas menos ativas e menos aptas têm maior risco de desenvolver pressão arterial alta;
  • A atividade física pode prevenir o risco de diabetes tipo 2;
  • Os estudos mostram que as pessoas fisicamente ativas são menos propensas a desenvolver doença cardíaca coronária do que as que estão inativas.
  • A falta de atividade física pode aumentar os sentimentos de ansiedade e depressão.

Pessoas com estilo de vida sedentário aumentam todas as causas de mortalidade, duplicam o risco de doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade e aumentam os riscos de câncer de colo do útero, hipertensão arterial, osteoporose, distúrbios lipídicos, depressão e ansiedade.

De acordo com a OMS, 60 a 85% das pessoas do mundo tanto dos países desenvolvidos como dos países em desenvolvimento, levam estilos de vida sedentários, tornando-se um dos problemas de saúde pública mais sérios e insuficientemente abordados do nosso tempo. Estima-se que quase dois terços das crianças também não são suficientemente ativas, com sérias implicações futuras para à saúde.

Conclusão: Precisamos olhar com seriedade e atenção esse assunto, trabalhando na prevenção desses problemas através de Programas Educativos, fornecendo áreas de lazer com infraestrutura adequada e segurança para a população poder fazer suas atividades físicas. A pratica regular de caminhadas e corridas é um hábito saudável que consequentemente traz inúmeros benefícios para nossa qualidade de vida.

Os espaços públicos das nossas cidades têm um papel importante na saúde da população iremos abordar mais a fundo esse tema no próximo artigo. Aguardem...

Gostou do nosso artigo? Deixe seu comentário:

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: