Vinicius Ribeiro - Deputado Estadual pelo PDT nº 12612

5 estratégias fundamentais para melhorar a vida das pessoas nas cidades

O Arquiteto Jan Gehl, um dos mais estudados na atualidade, lançou recentemente um guia para os prefeitos

Vinicius Ribeiro Artigos 932 views 5 min. de leitura

5 estratégias fundamentais para melhorar a vida das pessoas nas cidades
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Pense em uma cidade favorita, além da que você vive?

O que faz essa cidade ser legal e por que você a ama?

Essas respostas estão associadas com outra pergunta: Como seriam as cidades se as pessoas fossem prioridade?

Na verdade, nossas cidades não foram planejadas para as pessoas. As cidades foram planejadas para os veículos. Eles ocupam quase 40% dos espaços de uma cidade.

As chamadas ruas priorizam o transporte individual que ocupa o maior espaço e desloca o menor número de pessoas.

O Arquiteto Jan Gehl, um dos mais estudados na atualidade, lançou recentemente um guia para os prefeitos, sugerindo 5 estratégias fundamentais para melhorar a vida das pessoas e recuperar os espaços públicos.

Querem saber?

Vamos lá!

Primeiro, Mensure.

Mensurar, medir e avaliar o comportamento que as pessoas têm sobre determinado local e espaço. Qual é o sentimento de pertencimento delas? A sensação daquela rua, daquela praça realmente é nossa? Se a resposta for negativa é por que precisamos mudar. Quanto mais um espaço priorizar o pedestre, maior será o tempo de permanência, e por consequência, de convívio e de consumo. Moradores e comerciantes ganham com isso.

Segundo, Convide.

A população deve ser bem vinda sempre. E mais, participar da elaboração do projeto e não somente da sua inauguração. Elas podem participar na elaboração do projeto complementando a seguinte frase: “Eu gostaria que este lugar ... “Enfim, as respostas servem de base para quem for projetar.

Terceiro. Faça!

As intervenções nas cidades são em grande escala. Elas não podem ser permanentes da noite para o dia. Primeiro precisam ser intervenções temporárias e sistemáticas. Muitas vezes elas mudam o comportamento. Sabendo disso é possível começar aos poucos, em pequenas escalas e depois ir crescendo e reproduzindo...

Quarto. Desenvolva. 

Projeto não precisa ser executado da forma como foi pensado. Ele deve ser flexível e com avalição periódica. Aos poucos as pessoas vão se relacionando, confiando e acolhendo as ideias e as intervenções.

Quinto e último. Formalize.

Tudo que você faz, memorize, a curto, médio e longo prazo. Saiba que a formalização é uma forma de fazer com que o espaço tenha memória e história.

Então, qual é o espaço da tua cidade que você acredita que precisa melhorar? Ajude seu prefeito a planeja-lo e torne esse espaço um lugar favorito e amável para a população que vive contigo.

A questão financeira não pode virar um problema, pois se você acha que um bom projeto custa caro é por que não contabilizou o valor de um péssimo projeto para as pessoas na cidade.

Gostou do assunto preparamos um eBook complementar sobre o tema Eu, a Lei e a Minha Cidade para baixar o seu clique no botão abaixo:

RECEBER MATERIAL

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: