Vinicius Ribeiro - Deputado Estadual pelo PDT nº 12612

Como se prevenir de assaltos em vias públicas

Hoje a criminalidade é uma realidade na nossa sociedade. Precisamos adotar medidas preventivas para não se tornar mais uma vítima desses números alarmantes.

Vinicius Ribeiro Artigos 403 views 5 min. de leitura

Como se prevenir de assaltos em vias públicas
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Galera!!! Sei que uma das principais aflições da juventude gaúcha e brasileira é relacionada a sensação de segurança. Hoje a criminalidade é uma realidade na nossa sociedade. Precisamos adotar medidas preventivas para não se tornar mais uma vítima desses números alarmantes.

Sei também que uma sociedade bem-educada é uma sociedade bem segurada. Teve um político que já faleceu chamado Leonel Brizola que dizia há mais de 30 anos junto com seu amigo e antropólogo Darci Ribeiro que afirma: “Se não construirmos escolas de qualidade, daqui 30 anos, precisaremos construir presídios”. Pois bem esse tempo chegou!

Não é fácil para mim escrever sobre isso, mas é a realidade que precisamos juntos enfrentar e juntos resolver. Enquanto temos um problema prisional para deliberar e educacional para melhorar, precisamos nos cuidar diariamente. Ninguém quer ter alguma arma apontada para si ou para nossa família. Zerar as estatísticas criminais é praticamente impossível, mas podemos ajudar a não se tornar uma vítima e reduzir estes números assustadores. Por isso precisamos estar atentos e seguir recomendações para termos uma atitude preventiva.

Estudos mostram que os roubos de pessoas (pedestres) e veículos são os crimes que mais nos assustam. Dados estatísticos revelam que os objetos mais visados pelos assaltantes que roubam pedestres são telefones celulares, bolsas e mochilas. Não há um perfil da vítima determinado. Quem determina a vítima é a oportunidade e o local. Os locais com grandes concentrações de pessoas são os preferidos pelos criminosos. Centros urbanos, parques, shows são exemplos de áreas onde acontecem mais roubos.

Aqui vai algumas dicas, que serviram para todos nós:

  1. Procure não manusear o smartphone (aparelho celular) de modo a tirar sua atenção do seu entorno. Atender o telefone celular ou interagir em redes sociais (whatsapp e facebook) enquanto estamos nestes locais de concentração são atitudes que atraem os olhos dos assaltantes.
  2. Certifique-se que os bolsos de sua bolsa ou mochila estejam fechados.
  3. Não ostente jóias (correntes, pulseiras e relógios).
  4. Fique atento naquelas pessoas que ficam a todo o momento cuidando as pessoas e olhando suas vestes e pertences. São atitudes típicas de criminosos que estão “caçando“ suas vítimas.
  5. Evite ficar sozinho(a) em paradas de ônibus, se possível caminhar até o proximo terminal para evitar ficar sozinho(a) é aconselhavel desde que seja perto e segura essa caminhada.

Caso um dia, infelizmente, venham a se tornar vítima de assalto, procurem manter a calma, muito embora saibamos o quanto e difícil isto. Mostrem atitude passiva e não agressiva. Não reajam, pois, a vantagem e a surpresa estão a favor do assaltante. Sua vida e sua integridade são infinitamente mais caras e valiosas.

Mais uma vez meu (minha) amigo(a) jovem afirmo: não é fácil estar falando sobre isso, mas infelizmente é fundamental. São dicas muito simples que podem fazer a diferença para cada um que a lê.

Minha luta permanece acreditando que a falta de sensação de segurança que vivemos é fruto de uma sociedade que não recebeu educação de qualidade ao ponto de ter um mínimo de formação para poder viver com qualidade associado a um sistema criminal e prisional que necessita urgentemente de mudanças.

#VamosJuntosFazerDiferente

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: